search engine by freefind advanced
 
     
  Home  
  Contato  
  Adestramento  
  Agility  
  Cães Famosos  
  Classificados  
  Curiosidades  
  Depoimentos Raças  
  Dicas  
  Editorial  
  Galeria de Fotos  
  Homenagens  
  Links  
  Nomes de Cães  
  Raças  
  Reportagens  
  Vídeos  
     
     
 

 

 
     
     
     
     
     
     
 
 
O MAGNÍFICO AUSTRALIAN SHEPHERD,
por Dra. Márcia Berna Bertero
 

Conheça algumas características e o temperamento desta raça fascinante, que mesmo sendo reconhecida oficialmente há poucos anos, tem rapidamente conquistado novos fãs ao redor do mundo.

 


AKC/ASCA MILL CREEK´S SERENITY SUNRISE "Sarah" - Fêmea Red Merle



AKC/ASCA MILL CREEK´S WESTERN LEGEND HY "Colt" Macho  Black  Tri



AKC /BAYSHORE MONTROSE CARV´D N STONE "Chizel"
Macho Blue Merle


Fotografias acima: Johnny


Chizel com seus donos

 

História e origem da raça
Existem inúmeras teorias à respeito da origem dos Pastores Australianos mas a mais comum é a de que, apesar do nome, a raça foi desenvolvida exclusiva e completamente nos Estados Unidos, onde chegou à sua conformação e características atuais. Os estados americanos que tiveram maior atuação no desenvolvimento dos "Aussies" foram a Califórnia e o Colorado. 

Há também fortes indícios de que os Australian Shepherds se originaram na região dos Pirineus, montanhas situadas entre a França e a Espanha, a partir do cruzamento de diversos tipos de cães da região. Os cães eram usados no pastoreio das ovelhas de tipo 'merino'. No início do século XIX, criadores de merino espanhóis emigraram para a Austrália com seus rebanhos e com eles foram também, os cães. No final do mesmo século, quando se povoava o oeste dos Estados Unidos, ovelhas merino foram importadas da Inglaterra e da Austrália, acompanhadas de seus cães pastores.

É uma raça relativamente nova, tendo sido reconhecida pelo AKC (American Kennel Club) em 1991 e incluído no Grupo de Pastores em 1993. A FCI (Fédération Cynologiqque Internationale) reconheceu a raça em caráter provisório em 1996. Em 1989, o Australian Kennel Club autorizou o uso do nome Australian Shepherd (Pastor Australiano), desde que ficasse claro que a raça era norte-americana e não australiana. A CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia) está oficializando o nome da raça como Australian Shepherd a fim de evitar confusão com outros pastores como Australian Cattle Dog, Kelpi, Pastor Boiadeiro, Boiadeiro do Sul, entre outros. 
Nota da redação: Desde março de 2000, já temos três Australian Shepherds devidamente registrados na CBKC e KCSP, apresentando-se em pistas brasileiras!

A rápida expansão de popularidade dos "Aussies" (como são afetivamente designados pelo diminutivo em inglês de 'Australian' nos Estados Unidos), deu-se a partir da vida rural. A versatilidade e excelente capacidade de treinamento da raça, a tornou muito útil para uso nos ranchos e fazendas americanas. Eram exclusivamente cães de pastoreio, portanto ligados à vida em fazendas de gado ovino e bovino e acostumados ao trabalho. Na verdade, são cães de trabalho, infatigáveis em suas caminhadas e capazes de manter-se alerta por horas a fio. Mas também podem permanecer longas horas aos pés de seus donos, num ambiente doméstico. Na continuidade do desenvolvimento da raça, foi mantida a preocupação de se manter a versatilidade, inteligência apurada, os fortes instintos de pastoreiro além de uma bela aparência.

Tornaram-se conhecidos, especialmente depois do final da Segunda Guerra Mundial, pela sua apresentação em rodeios e desde então sua popularidade e utilização tem aumentado. Podemos inferir que a maioria da população de Aussies ainda se concentra nos Estados Unidos, mas há claros sinais de que se expandem para vários outros continentes, incluindo a Europa.

Temperamento
O Australian Shepherd é um cão cheio de energia, extremamente inteligente, de tamanho médio e grande versatilidade, pois pode servir a vários propósitos. Embora dotado de forte instinto para o pastoreio e guarda, pode também ser um grande companheiro para a família, auxiliar na terapia de enfermos e idosos e ainda estender sua versatilidade à prática de agility, busca e resgate.

O Australian Shepherd não é um cão a ser deixado no quintal. Necessita de contacto humano e atenção de seus donos, isto porque é um animal afetivo e claramente solidário. O abandono faz com que se entedie e desenvolva um comportamento potencialmente destrutivo.

Acompanha os seus donos dentro de casa de cômodo em cômodo e, sendo um pastor, não prescinde do convívio com seu dono. Embora a maioria dos Australian Shepherds seja amistosa com as pessoas, sempre tendem a ser reservados e cautelosos com relação a estranhos. Quando isto acontecer deve-se encorajar o encontro do cão com as pessoas, como parte do processo de socialização do animal, sem todavia chegar a forçá-lo ou a impor encontros. É um cão de temperamento estável sendo raramente briguento com outros cães mas é importante socializa-lo com outros cães e ou gatos desde os 2 meses de idade, que é, geralmente a época que o criador permite que o cão seja levado pelo seu "novo" dono!

 

Tudo isto leva à conclusão de que o Australian Shepherd não é um cão para um principiante ou quem nunca teve nenhum cão anteriormente. Outro cuidado a observar diz respeito a crianças, na medida em que se não for exposto a elas desde cedo, poderá desenvolver atitude de estranheza e não aceitação. Mas se for exposto a crianças desde as primeiras semanas de vida, tornar-se-á um grande companheiro de brinquedos. Mas todo este cuidado será compensado pela posse e convívio com um animal inteligente, alegre, trabalhador, versátil e capaz de proporcionar grandes satisfações a seus donos.

Caráter e personalidade

O Australian Shepherd foi desenvolvido para ser um cão de tamanho moderado, inteligente, pastoreiro versátil com grande caráter e resistência. Muitos Aussies hoje ainda fazem o trabalho para o qual foram originalmente criados e até mesmo aqueles cães que nunca viram uma ovelha ou uma cabeça de gado, usualmente tem um forte instinto pastoreiro. 

A grande inteligência destes cães, necessária para controlar bem um rebanho, pode ser prejudicial à eles quando são deixados sem treinamento. O treino para obediência é muito recomendável. Serve até mesmo como ferramenta de ensino para os proprietários de como controlar o típico e nato desejo de agradar do cão em um comportamento apropriado. Os Aussies aprendem muito rapidamente e realmente necessitam estar sempre ocupados com passeios, jogos e treino, afim de se beneficiar a mente e o corpo. 

Os Australian Shepherds são perfeitos para pessoas que querem um cão altamente treinável, versátil, muito esperto e que pode trabalhar e brincar até o final do dia. Se você tem tempo e pode se compromissar a ter um Aussie, com certeza não se arrependerá. Esses cães especiais merecem donos especiais. Sua lealdade, caráter e extravagante senso de humor o coloca em um lugar especial entre as raças caninas.

Cores e outras características físicas
A raça pode ter quatro cores básicas: preto, blue merle (combinação de preto, cinza e prateado), vermelho (variando de tom do canela claro ao vermelho fígado) e red merle (combinação de vermelho e nuanças de beije, caramelo). Uma variedade de branco e manchas tan (cobre) podem aparecer na cabeça, peito e pernas. A maneira como estas cores se combinam formam um caleidoscópio colorido que tornam o Australian Shepherd fascinante e faz com que uma nova ninhada sempre possa conter surpresas no que diz respeito às cores produzidas. A pelagem externa é de comprimento moderado, com uma textura que vai do liso ao levemente ondulado e resistente às inconstâncias climáticas. O sub-pêlo é fino e denso e a quantidade varia de acordo com o clima da região em que o animal vive.

A cauda é naturalmente muito curta ou pode ser amputada. As orelhas são de tamanho moderado e, quando o cão está alerta, dobram-se para os lados e para cima ou em rosa. Os olhos do Pastor Australiano são, provavelmente, umas das características mais comentadas por causa da variedade de cores. Eles podem ser de qualquer cor ou combinação de cores, variando entre o azul claro, o verde, o âmbar, a cor de mel e todos os tons de castanho e marrom. Não é incomum que um Aussie tenha um olho de cada cor, o que mantém a lenda, propalada entre vaqueiros da América do Norte, de que é capaz de hipnotizar o gado sob seus cuidados. Sendo um cão de porte médio, seu tamanho varia de 50 a 58 centímetros para os machos e 45 a 53 centímetros para as fêmeas. Seu peso vai de aproximadamente 23 a 30 quilos.

Manutenção
Antes de decidir-se a ter um Australian Shepherd, deve se considerar que se trata de uma raça geralmente saudável, que viverá doze anos ou mais, o que significa um longo compromisso com o animal. Além dos cuidados com alimentação e veterinários comuns a um cão, o Pastor Australiano exige cuidados com a pelagem, para que se mantenha limpa e bonita, o que implica em escovação semanal e corte das unhas. A fim de manter seu tônus energético, o Australian pode comer um pouco mais do que a maioria dos cães do mesmo tamanho e que não sejam tão ativos. Isto também deve ser ponderado, uma vez que, além de não ser abandonado no quintal, o Australian exigirá de seu proprietário exercícios diários como caminhadas e jogos, a menos que se more numa fazenda ou numa área de tamanho razoável.

 

Padrão  Oficial da Raça:

 
Confederação Brasileira
de Cinofilia
Australian Shepherd Club
of America, Inc.
American Kennel Club

 
  • Dra. Márcia Berna Bertero é titular do Wind Spirit Kennel, canil dedicado à criação selecionada e exclusiva da raça Australian Shepherd no Brasil.
     

  • Esta matéria foi publicada originalmente na REVISTA CÃES DE FATO, Edição 21/22!
Dra. Márcia Berna Bertero
Wind Spirit Kennel
Site:
www.pastoraustraliano.com.br  /  e-mail: p.australiano@uol.com.br
Tel./Fax.: (55) (11) 3021-3383 ou (55) (11) 3085-8730

 pastor australiano
 

Copyright © 2002-2011 CaesPastores.com Todos os direitos reservados